terça-feira, 22 de agosto de 2017      
 
 
  Mudança Para Viena
Os Freud não ficaram muito tempo em Freiberg. Inicialmente, mudaram-se por pouco tempo para Leipzig, em 1859, e depois, no ano seguinte, foram para Viena (bairro judeu de Leopoldstadt).



Os primeiros anos na capital do império, com o pai em dificuldades financeiras, perderam-se da memória de Freud, que afirmou não ter havido "nada a respeito deles que valesse a pena lembrar".



Segundo Peter Gay (Freud - uma vida para o nosso tempo), as dificuldades econômicas e a desgraça familiar (principalmente a condenação do tio Josef, como falsário) não eram as únicas razões pelas quais Freud achava que seus primeiros anos em Viena não mereciam ser lembrados. Ele sentia falta de Freiberg, principalmente dos lindos campos onde se situava a cidade. "Nunca me senti realmente à vontade na cidade".



Martin, o filho de Freud, sugeriu que a aversão por Viena, freqüentemente expressa por seu pai, era, na verdade, uma declaração de amor encoberta. A característica do autêntico vienense não é a de se deleitar em encontrar defeitos em sua adorada cidade? Com efeito, para alguém que odiava Viena com tanta ferocidade como Freud dizia a todos, ele deu mostras de uma rara resistência em deixá-la.

 
1 Guldem
 

Moeda de 1860, com a afígie de Francisco José I (1830-1916). Imperador da Áustria e Rei da Hungria. Assumiu o trono na revolução de 1848. Conservador e antidemocrático, ofereceu resistência às demandas nacionalistas, o que contribuiu para o acirramento de ânimos separatistas em seu império.

Seu filho Rodolfo cometeu suicídio em 1889 e sua mulher, Isabel "Sissi" de Baviera, foi assassinada em 1898 por um anarquista italiano. Seu sobrinho Franscisco Fernandom arquiduque da Áustria e herdeiro do trono, foi assassinado em Serajevo.

 
 
Contexto
 
 
adicione aos seus favoritos
indique a um amigo
Contato:
Rua Messina, 99 - Jardim Messina - CEP 13207-480
Telefone 11 4521-6075
E-mail: secretaria@triep.com.br
 
Home | Quem Somos | Sobre a Gradiva | Cursos | Encontros Psicanalíticos | Freud: Cronologia
Artigos e Resenhas | Galeria Virtual | Fale Conosco | Cadastre-se