• Triep

"Psiconeuroses x neuroses atuais"

Ao longo de seus estudos, Freud desenvolveu uma ampla teorização a respeito do sofrimento e dos processos de adoecimento psíquico. Ele considerava que o sofrimento era promovido, entre outras causas, pelo excesso de trabalho, pelo investimento em ilusões religiosas e amorosas e pela via da doença nervosa, que ele denominou “psiconeuroses”.⁣



As psiconeuroses eram, e ainda são, compreendidas como a formação de sintomas psíquicos em intensa relação com a história de vida subjetiva daquele que adoece. “Os eventos e influências que estão na raiz de toda psiconeurose pertencem não ao momento presente, mas a uma época de vida há muito passada, que é como se fosse uma época pré-histórica - a época da infância inicial.” (Freud, 1898).⁣


No entanto, em determinado momento de seus estudos, Freud se deparou com outro modo de funcionamento psíquico que se diferenciava das psiconeuroses às quais ele até então se dedicava. Tratava-se de um modo de funcionamento ao qual ele chamou de “neuroses atuais”.⁣


Apesar de reconhecer a existência desse modo de funcionamento, que encontrava no adoecimento do corpo sua principal via de manifestação, e de ter se dedicado por um período à sua compreensão, Freud não avançou em sua pesquisa nesse campo das neuroses atuais. Mas deixou um caminho aberto para que investigações e pesquisas futuras fossem feitas nesse sentido (como é o caso dos estudos em Psicossomática, por exemplo).⁣


Freud definia o surgimento de uma “neurose atual” como decorrente de uma causa contemporânea, sem que se estabelecesse uma relação com o passado infantil do sujeito que adoecia.⁣


O termo “atual” fazia referência à “atualidade no tempo” e também era caracterizada pelo predomínio de sintomas somáticos, ao contrário dos sintomas psíquicos predominantes nas psiconeuroses.⁣



No quadro das neuroses atuais, o corpo adoecia e apresentava sintomas como “pressão intracraniana, inclinação à fadiga, dispepsia, constipação, lombalgia, sobressalto, inquietude, ataques de angústia, vertigem, agorafobia, insônia, maior sensibilidade à dor...”(Freud, 1898). ⁣


Interessante observar que muitos dos aspectos descritos por Freud, em 1898, são bastante próximos do que hoje conhecemos como pertencentes aos sintomas psicossomáticos. Mas este assunto a gente deixa pra outro post...



Leila Veratti

Psicanalista, membro do TRIEP.

leilacsantos@hotmail.com


#psicanalista #psicanalistasjundiai #triep #psicanalisejundiai #psicossomatica #sofrimentopsiquico #subjetividade #freud #odivaapasseio #leilaveratti

47 visualizações
WHATSAPP.png

TRIEP JUNDIAÍ

HORÁRIO DE FUNCIONAMENTO:

Rua Messina, 99

Jardim Messina, Jundiaí / SP

CEP: 13207-480 - Brasil

Fone: +55 11 9 9810-3322

Segunda a Sexta: 08h00 -18h00

Sábado: 08h00 -12h00 

  • Facebook - White Circle
  • Instagram - White Circle

Criação:

Endorfina Design