• Triep

Quando o filho diz não para os pais

Um bebê ocupa um lugar especial para seus pais, lugar este esperado desde antes de seu nascimento, sabendo muito bem como conquistá-los: faz as mais variadas gracinhas, responde aos seus chamados, correspondendo com toda uma série de sinais e gestos ao que seus pais esperam dele, na maior parte do tempo.


Mas essa situação sofre mudanças no decorrer do desenvolvimento de uma criança, já que ela precisará não mais corresponder tanto ao que seus pais esperam dela, passando, também, a lhes negar alguns pedidos tanto nas suas falas como em movimentos corporais que expressem alguma negativa ou contrariedade. Isto significa que a criança precisará assumir cada vez mais um lugar de diferenciação em relação a eles.


Mas será que os pais aguentam ouvir esses nãos por parte de seus filhos?


É muito importante pensar como os pais recebem estes nãos: se eles conseguem sustentar essas negativas por parte de seus filhos ou se as tomam para si, como numa espécie de rejeição por parte de seus filhos para com eles mesmos. Os pais podem pensar que, se seus filhos lhes negam um pedido, estariam lhes rejeitando.

Nesse sentido é preciso pensar se há certos abalos narcísicos por parte dos pais quando se sentem pessoalmente atingidos por certas falas ou gestos de seus filhos que comportem algum componente de hostilidade, mesmo quando seus filhos são ainda muito pequenos.


É importante poder reconhecer as dificuldades nesta relação com seus filhos quando elas se fazem presentes para melhor abordá-las com amigos, com parentes ou com algum profissional, se for o caso. O mais importante é não guardar apenas para si quando se aparece algum problema a esse respeito, afinal, diante de componentes hostis presentes nas relações entre pais e filhos, nem sempre pode ser simples que mães e pais possam lidar tais enfrentamentos. Nenhum pai ou mãe está imune de sentir suas próprias questões serem atingidas quando cuidam de seus filhos, afinal, ninguém é perfeito!




Não é fácil participar dos cuidados de uma criança! Pais e mães sabem o quanto são exigidos em suas tarefas com seus filhos, mas para tanto, é preciso que eles próprios tenham um lugar de escuta e acolhimento quanto ao que estão passando, quando se faz necessário compartilharem seu sofrimento. Dessa forma torna-se mais tranquilo poderem suportar as negativas de seus filhos na medida do possível.


Fabiana Sampaio Pellicciari

psicanalista membro do TRIEP

fabiana.pellicciari@gmail.com

#psicanalise #psicanalistasjundiai

#psicanalisejundiai #triep

#fabianapellicciari #filhosdizemnao

#desenvolvimento #acolhimentodepais



24 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo